Participe - Pesquisa avalia a qualidade de vida dos estudantes, professores e técnicos da UNIR

Publicado em: 30/01/2018 15:48:38

O Grupo de Pesquisa do Desenvolvimento e da Cultura Corporal (GDECC) do Departamento de Educação Física está promovendo uma pesquisa para avaliar a qualidade de vida de estudantes, professores e técnicos da Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR)


   O Grupo de Pesquisa do Desenvolvimento e da Cultura Corporal (GDECC) do Departamento de Educação Física está promovendo uma pesquisa para avaliar a qualidade de vida de estudantes, professores e técnicos da Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR), a partir do perfil do estilo de vida. A pesquisa é online e pode ser respondida até o dia 15 de junho, por estudantes de graduação e de pós-graduação matriculados, além de professores e técnicos da instituição.

PARTICIPE DA PESQUISA CLICANDO AQUI.

ou pelo QR Code abaixo:


    A pesquisa faz parte do projeto Avaliação Digital da Qualidade de Vida de Estudantes, Professores e Técnicos da UNIR e tem como membros da equipe de pesquisadores os professores Célio José Borges (orientador) George Madson Dias Santos (co-orientador), Iranira Geminiano de Melo (co-orientadora), Luis Alberto de Sousa Santos Filho (Bolsista - CNPq/PIBIC), Geovana Prestes Siqueira (Bolsista - CNPq/PIBIC), Andréia Andrade da Silva (Voluntária) e Matheus Magalhães Paulino Cruz (Colaborador externo).  

   O professor e pesquisador Célio José Borges (DEF) explica que constata-se que, a partir de pesquisas, cada vez mais crianças, adolescentes e jovens vêm se tornando sedentários a medida que a tecnologia avança e há a adesão a ela. Ao mesmo tempo, há o aumento do sedentarismo e hábitos irregulares de alimentação, o que atinge diretamente na péssima qualidade de vida.

    “Para que isso seja evitado, ou reduzido, é necessário que o jovem e o adulto jovem, entendam a influência disso nas suas vidas e tenham o conhecimento necessário para corrigir tais atitudes”, destacou o docente.        

   Para avaliar os estudantes foi criado um sistema para internet, usando a linguagem de programação PHP, onde foi disponibilizado o instrumento de pesquisa, ou seja, o questionário.

    “As vantagens do uso dessa ferramenta para coletar os dados é que possibilita ao respondente o resultado imediato da avaliação do perfil do seu estilo de vida, a partir da geração de um pentáculo colorido, com indicadores dos níveis encontrados, podendo assim saber quais áreas precisam de modificações”, explicou Borges.

     Para mais informações, acesse http://www.qualidadedevida.def.unir.br/.


Fonte: UNIR